quarta-feira, 9 de março de 2005

Borboleta





Olha para mim.
Olha-me.
Vê-me como sou.
Não queiras outra imagem.
Sou assim.
Aceita-me.
Respeita-me.
Olha e ama,
que olhar-te-ei
e amar-te-ei
da mesma forma,
em doses iguais.
Brinda comigo.
Liberta-me.
Solta as asas da tua borboleta.
Cuidaste da larva.
O casulo formou-se.
Chegou a hora
da borboleta sair.
Estou secando as asas,
preparando-me para voar
e pousar na minha flor.
Olha para mim.
Terei que partir.
Tu que cuidaste da larva
e sofreste com o casulo,
vês a borboleta formar-se,
ganhou asas
e quer voar.
Um dia aconteceria.
Tu mesma foste já uma larva
e uma borboleta o és agora.
Chegou a minha hora.
Olha para mim.
Voo.

Raphaela Blat

14 Lápis no papel:

Anonymous Menina_marota escreveu no papel...

Um poema de libertação. Gostei muito...

Jinhos ;-)

23:58  
Anonymous Taliesin escreveu no papel...

Mas q bela declaração, por um momento eu vi a borboleta.
Coisa linda
Beijos

03:24  
Blogger AS escreveu no papel...

Isa, só uma coisa pode impedir esse voo: O medo de fracassar!... VAI!!!

Um beijo

08:42  
Anonymous Anónimo escreveu no papel...

Belo grito

beijo rose*

15:44  
Blogger D escreveu no papel...

oh.. que delicia :)
bem hj tou sem qualquer tipo de humor para o que seja.. :( ***

16:46  
Blogger Carlos Barros escreveu no papel...

a teoria do caos, diz que uma borboleta bate as asas em pequim e há um tufão nos states, liberta-te

18:57  
Blogger Delírio da Loirinha escreveu no papel...

Olá!
Voa borboleta, voa porque tens asas e a liberdade do céu para voar!!!
beijinhos :)

18:59  
Anonymous Espectro #999 vs Absconditum Mentis escreveu no papel...

As tuas pequenas histórias e os teus pequenos pensamentos extravasam em muito as delirantes palavras que pululam a tua mente em constante evolução.
Poemas singulares e fantásticos aqui, no Lápis e Papel.
Formidável [...] e como não podia deicxar de ser [...] adoro esse olho, arranja-me uma foto dos dois. Assim, com essa luminusidade.
Beijos apetrechados até mais não e inté.

19:29  
Blogger Leonoretta escreveu no papel...

olá Isa.
Tens uma alma linda.
ontem não te dei um beijinho do dia da mulher... dou-te agora.

20:19  
Blogger Daniel Aladiah escreveu no papel...

Querida Isa Xana
Muito bonito... o teu olho parecia pedir que te deixasse voar... pedi por ti... irás voar, acredita.
Um beijo
Daniel

22:04  
Anonymous carla escreveu no papel...

oi linda!
lindiximo este poema...
é preciso ter a coragem de fazer esse voo!parabéns!!
olha eu ñ tinha ja lido este poema?
bjinhux,carla

22:15  
Blogger Vera Cymbron escreveu no papel...

Senti alguma raiva nas palavras, comos e fossem um basta, agora terá que ser diferente, percebes?
Mas isso é a minha interpretação. Gostei muito deste tema diferente...
Jinhos

09:34  
Blogger FataMorgana escreveu no papel...

Olha, não vou ler nada agora, que não tenho tempo e é de manhã!!!! Estive a meter os novos links... finalmente estás lá! Depois volto para ler :)

07:27  
Blogger D escreveu no papel...

linda um obrigadão pela força (:
beijo grnde**

12:30  

Enviar um comentário

<< Voltar ao papel