terça-feira, 13 de setembro de 2005

Encontro



Bastou um leve encontro de olhos. Bastou isto somente para ele entregar a sua vida àquela mulher que encarava. Não era dado a romantismos, podia dizer-se que ele nem sabia o que era o romance. Frio, pragmático, assim se descrevia. Encontros casuais, casos de poucas noites, logo seguidos de despedidas breves, com poucas palavras, com nenhum sentimento. Efémeros, eram assim os seus relacionamentos. Tampouco ele buscava o amor. Manter distância dessa doença, era um dos seus lemas. E tinha conseguido cumpri-lo até àquele momento. Fora ao supermercado fazer as compras da semana, algo que ele particularmente não apreciava fazer. Quando se virara em busca das bolachas de chocolate que não podiam faltar em casa, viu-a. E ela também o viu. Um supermercado não era o lugar mais romântico do mundo, concordemos, mas aquele momento não deixava de ser especial. Era o seu momento. Ele ficou parado olhando-a, esquecendo-se de tudo o resto. Ela continuou as suas compras mirando de quando em vez aquele homem-estátua. Sorriu. Quando ele tomou consciência de si, procurou-a, procurou aquele olhar encantador. Correu pelos corredores do supermercado e viu-a dirigindo-se já à porta de saída. Correu atrás dela.
Como muda um homem numa ida ao supermercado...



P.S.: Estou de passeio pela ilha da Madeira e, por isso, não vos posso visitar com a frequência que gostaria. Vou-vos visitando à medida que possa.
Beijos

20 Lápis no papel:

Blogger AS escreveu no papel...

Um momento apenas pode mudar o curso de uma vida!...

Passeia muito e diverte-te!... e cuidado com os encontros no supermercado :))

Um beijo

15:25  
Blogger Friedrich escreveu no papel...

Como deverão perceber, dirigir e compor quatro blogs simultaneamente não é fácil, na medida em que existe outras obrigações a que nunca poderei fugir. Daí, comentar-vos nestes últimos dias, muito menos... Mas não vos esqueci, tratando-os a todos com a mesma compreensão e carinho. Porque só fará sentido, enquanto ainda alguém me visita e comenta...

Beijos

21:06  
Blogger Taliesin escreveu no papel...

Oi querida amiga, gostei demais do texto, sabe ele é tão real como qualquer outras historias ,quntas vezes isso não aconteceu?
Beijos, e curta bastante a viagem qdo chegar conte as novas.

04:43  
Blogger Paula Raposo escreveu no papel...

Momentos, momentos como esse que descreves, mudam tudo na vida de alguém. Gostei imenso. Beijinhos

08:47  
Blogger Luis Duverge escreveu no papel...

Isa estou em falta para contigo, a sério tenho um sentimento de culpa em relação à minha ausência neste blog, e agora ainda mais. Porquê ?
Captaste de uma forma sublime um momento simples e quem te lê viaja como que dentro de um filme ...isto porque já presenciei situações idênticas.
Gostei muito ...um beijo grande e aproveita o melhor que puderes. Estamos a sair das férias para dar um salto até ao Natal.

09:57  
Blogger Lumife escreveu no papel...

Grato pela visita ao "BEJA".
Certamente conhecerei a família em Alvito mas sem elementos é difícil...

Aproximam-se dois eventos em Alvito: As Jornadas Europeias do Património/I Encontro de Turismo de Alvito nos dias 24 e 27 de Setembro e a Feira dos Santos nos dias 30, 31 de Outubro e 1 de Novembro.

É uma boa altura para uma visita.

Aparece para matares saudades.

21:56  
Blogger Å®t_Øf_£övë escreveu no papel...

Adorei ler esta tua história, porque ela é mesmo verdadeira.
Por vezes andamos uma vida inteira a tentar esconder-nos do amor e basta um momento um olhar para surgir a paixão e o amor.
Normalmente é mesmo assim, ele bate-nos à porta quando nós menos esperámos e quando achamos que não estamos preparados.
Boa estadia pela Madeira.
Bjs.

02:16  
Blogger sonhos sonhados escreveu no papel...

Isinha

passeia muito
...e...
volta cheia de força.

beijux létinha.

04:37  
Blogger Micas escreveu no papel...

É mesmo assim, o amor não tem explicação, nasce quando menos se espera, e em segundos a vida pode levar uma (re)viravolta. Gostei imenso deste texto. Beijinho e boas férias por essa ilha linda.

07:00  
Blogger Daniel Aladiah escreveu no papel...

Querida Isa Xana
Um supermercado? Não, uma mulher...
Um beijo
Daniel

18:26  
Blogger Estrela do mar escreveu no papel...

...bonita esta tua história Isa...embora eu não acredito muito no amor á 1ª vista...

Já agora desejo-te que continues a ter umas boas férias pela Madeira.


Beijinhos e bfs.

19:25  
Blogger Dumb escreveu no papel...

Como eu costumo dizer, seja porque for tudo o que de melhor levamos desta vida é fruto do acaso.

Acho eu.

Boas férias ;)

01:52  
Blogger lua_de_inverno escreveu no papel...

Por vezes, o mais vulgar e prosaico da vida pode conduzir a uma profusão de sentimentos mais elevados e mais profundos do que se possa imaginar... Gostei muito da história, sobretudo das palavras que escolheste para a contar.
Beijinhos doces*

12:20  
Blogger terragel escreveu no papel...

Paula, Uma paquera pode distrair uma paixão sem saída, a gora a esquina de uma rua, pode abrir o imenso supermercado do amor.
Bjs

03:38  
Blogger webdreamer escreveu no papel...

Quem disse que o supermercado não era o lugar mais romântico do mundo?
P.S.: O que torna um lugar romântico?
P.P.S.: Lindo, o texto...

08:56  
Blogger Miguel escreveu no papel...

bonita história :] o amor só acontece quando menos esperamos mesmo.. hmpf..

beijo *

18:10  
Blogger vab escreveu no papel...

Voltei prima, com novo blog.
"Corta-me o cabelo".
Tenho saudades tuas.
Gostei desta história que se fez em tão poucas linhas, mas tão bem explicada! :D

19:02  
Blogger eric escreveu no papel...

Hi there, just jumping around the blogs looking for some ideas to improve my blog and landed on yours. I like the way you have laid it out. It has given me some good ideas, thanks. My blog isn’t up to much but I have a really good site. (It helps people achieve their Dreams). Check it out if you get the time :-) Anyway keep up the good work, and I’ll try and get back here soon. Have a really good day.

14:15  
Blogger Passaro Azul escreveu no papel...

Linda história, contada com tal veracidade que quase me senti nos corredores desse supermercado.
A observar, claro!!!
Concordo com o Webdreamer. Porque não num supermercado?
O amor...anda por aí!E nunca se sabe onde.
Continuação de boas férias nesse paraíso do Atlântico.
Um beijo.

21:05  
Blogger Cláudio B. Carlos (CC) escreveu no papel...

Ainda bem que não sabemos o que nos pode acontecer, assim podemos nos surpreender numa simples ida ao supermercado, por exemplo...



Minha primeira vez aqui. Voltarei.
Beijos do CC.

06:03  

Enviar um comentário

<< Voltar ao papel