domingo, 30 de outubro de 2005

Liberdade


Hugo Matos


Aqui me encontro.
Aqui as cores do céu são a minha pele.
Aqui a água é meu corpo, a terra meus cabelos.
Aqui tudo e nada sou em doses bem medidas.
Aqui todos me sentem, mas ninguém me toca.
Aqui sou a imortalidade do tempo passado,
um rasgo de luz no céu estrelado.
Aqui, só aqui.

E neste espaço infinito, um querer
que se esconde nos beijos guardados,
que me afoga e me devolve à vida,
um querer que vejo em teus olhos
me rouba de mim e me entrega no mesmo instante,
pinta carmim no meu coração,
um carmim intenso, imenso em cada batimento.

Aqui me quedo,
pois és um balsamo para os venenos do mundo
e o teu amor é o mágico que tenho na alma
e me oferece o bem maior,
a liberdade.

Estou aqui. Sou aqui.

Raphaela Blat

22 Lápis no papel:

Blogger Daniel Aladiah escreveu no papel...

Querida Isa Xana
Ainda bem que estás aqui. És companheira numa estrada virtual, em que os afectos se cruzam e as palavras amadurecem.
Um beijo
Daniel

16:23  
Blogger ricardo escreveu no papel...

e ainda bem que "estás aqui" e "és aqui". assim podemos viver contigo a magia dos teus olhos e os sonhos dos teus dias.

adorei a música, as palavras... e confesso: já tinha saudades de aqui vir.

agora aproveito para te convidar para ires hoje ao teatro [das palavras]. há por lá uma escada e uma data que gostava de partilhar contigo.

beijo (e continua)

16:40  
Blogger douglas D. escreveu no papel...

imagem e texto que dizem de ti d'uma forma tão leve que posso dizer quase saber-te.
bjo.

17:36  
Blogger Maria do Céu Costa escreveu no papel...

Estou aqui hoje para dizer, obrigada pela mensagem de felicitação que deixou no AQUI. Voltarei. Beijinhos.

22:18  
Blogger CLIK escreveu no papel...

oláaa!!!! boa narrativa!!! gostei tb da foto
bjs e boa semana!

00:04  
Blogger Cris escreveu no papel...

E estás aqui de uma forma lindíssima!...

Beijinho grande

01:20  
Blogger Taliesin escreveu no papel...

Oi minha querida, é vou babar muito mais do q babono atual com mais um junto vai sei muito bom, esse poema minha querida, ele é uma declaração de amor ,mas tem um leve ar melancolico.
Beijos

02:36  
Blogger GNM escreveu no papel...

Está mesmo muito lindo!
E a musica dá uma excelente envolvencia!

Uma excelente semana para ti!

Continua a sorrir!

03:38  
Blogger xerxes escreveu no papel...

Liberdade... "és um balsamo para os venenos do mundo" e nada mais.
Abraço!

12:03  
Blogger yatashi escreveu no papel...

apenas um beijo*

12:46  
Blogger gato_escaldado escreveu no papel...

gostei mto de ler-(te). beijos.

14:47  
Blogger AS escreveu no papel...

Isa Xana, hoje passei apenas para te dar um grande abraço...

18:36  
Blogger Rita escreveu no papel...

o sítio certo, n é? é bom estar-se num sítio que nos conheça. está lindo, como sempre.*

22:03  
Blogger TomSawyer escreveu no papel...

Ainda bem que estas aqui, senao nao poderia vir visitar es teu maravilhoso mundo, onde es livre e tens toda a liberdade.
E a 2 vez que venho visitar este teu mundoe ja me encantei por ele, esta conjugaçao de palavras,fotografias e musica e soberba, faz com que quem entre ja nao queira sair...e eu ja estou enfeitiçado...vou voltar...

22:39  
Blogger Paula Raposo escreveu no papel...

E quando a Liberdade nos chega em forma de Amor...a felicidade é plena!! Beijos para ti

19:48  
Blogger Dumb escreveu no papel...

Se estás onde és, de certeza que estás muito bem. Boa sorte por Lx...

Beijo

22:34  
Blogger alfinete de peito escreveu no papel...

Oi,

Para mim o "Aqui" remete para um estado de aprisionamento em algo, logo quando se é livre não se está mas sim "é-se". E se o amor nos dá liberdade , e nós somos livres não queremos que essa liberdade esteja em algum lado mas sim em todo o lado para aonde o transportarmos.
Na minha opinião. Mas adorei o poema e a música apesar de a já teres colocado uma vez é genialmente boa, pois adequa-se a tudo.

Cumprimentos,

Alfinetes

00:47  
Blogger Catarino escreveu no papel...

Este comentário foi removido por um administrador do blogue.

15:32  
Blogger Catarino escreveu no papel...

Gostei muito das tuas palavras, continua...Beijo

15:34  
Blogger Vivis escreveu no papel...

...
Lindas palavras.
Beijinhos

23:07  
Blogger TomSawyer escreveu no papel...

oi...sou eu outra vez...e pq nao consegui mesmo descobrir como se altera o nome e como tambem gostava de por musica vu fazer o seguinte deixote o meu mail dps se poderes entra em contacto cmg ta (jorgealemao@netvisao.pt) desculpa "chatear-te" com isto mas es a unica pessoa q eu visito que tem musica...brigado

16:42  
Blogger Natalie Afonseca escreveu no papel...

Olá!
Que bom....também eu escrevi um poema sobre a Liberdade:
(...)Liberdade é pensar ,
sem ter medo de gritar.
é poder imaginar e sonhar
como quem não dorme.
Liberdade é um querer egoísta
de tudo e não ter nada.
Liberdade sou eu
Liberdade somo nós (...)

Gostei muito da tua Liberdade! Muito bom!
Bom fim-de-semana!
Beijinhos

14:41  

Enviar um comentário

<< Voltar ao papel