quinta-feira, 5 de maio de 2005

Anoitece





Anoitece neste quarto vazio.
Na minha estrada de pensares,
anoitece,
sem flores nem borboletas
salpicando de cor os meus olhos.


Sorriso outrora no rosto,
hoje guardado na gaveta antiga.

Coração outrora quente,
hoje de papel velho,
riscado, rasgado.

Anoitece.
Anoitece, sim.
Não lá fora, mas em mim.

Escuridão que me consome,
que bebe a minha alma,
sequiosa.

Lua, porque não vens acalentar meu corpo?
Será esperança vã desejar tua presença?
Será que escapaste,
impiedoso e vil luar,
enterrando a luz que me aqueceria
no negrume desta noite?

Anoitece.
Anoitece, sim.
Não lá fora, mas em mim...


Raphaela Blat


P.S.: Visitem-me no Menina das amoras de prata e no Histórias do prédio ao lado;)


17 Lápis no papel:

Blogger alfinete de peito escreveu no papel...

Muito sentido transportado de forma simples para palavra.
E não são as coisas simples as que mais fazem sentido?

beijocas. Mercador e Grizo

18:15  
Blogger D escreveu no papel...

muito sentimento... tristeza, dor, angústica...
amnhã o sol brilhará :)
Beijinho grande!

18:21  
Anonymous Espectro #999 escreveu no papel...

    ¦  Não acredito  ¦
    ¦  que anoiteça  ¦
    ¦  dentro de ti...  ¦
    ¦  acredito antes  ¦
    ¦  na luz que irradias  ¦
    ¦  d'um dia outrora neblado  ¦
    ¦  transformaste-te...  ¦
    ¦  em solarengo dia  ¦

Acredito, isso sim, que não gostes nada deste poema.
Beijocas e inté.
Irei agora ao amoras prateadas.

18:54  
Blogger bertus escreveu no papel...

...não desesperes que a Lua acudirá ao teu chamamento; confia no que te digo que sou "tu cá tu lá" com ela (a Lua).

Beijos e intés!!

19:20  
Blogger Betty Branco Martins escreveu no papel...

É somente uma passagem... por um tunel escuro... Lá ao fundo já se avista um raiozinho de luz... vês! a luz a brilhar cada vez mais! :-)

Um Grande beijo

21:00  
Blogger sotavento escreveu no papel...

Para voltar a amanhecer, claro!... ;)

21:04  
Blogger Estrela do mar escreveu no papel...

...isa...como pode anoitecer com esta tua tão bela escrita?...acredita que em breve...esta nostalgia que aqui tanto se sente vai desaparecer lentamente...para dar lugar a dias consecutivos de luz...cor...e alegria... onde a noite tem como companheira a lua...a lua que vai brilhar sempre para ti ...em todas as noites...em todos os anoiteceres...

Um beijo* com carinho.
Bom fim de semana.

00:23  
Blogger Estrela do mar escreveu no papel...

Este comentário foi removido por um gestor do blogue.

00:23  
Blogger Cris escreveu no papel...

Está lindo, este teu poema... salpicado de nostalgia, numa invocação à magia da Lua...

Adorei!

beijinho doce

00:49  
Blogger BlueShell escreveu no papel...

Vim do Frog...vi os comentários...vós 3 estais em sintonia!!!
É lindo...
Jinhos, BShell

00:58  
Blogger AS escreveu no papel...

Isa, lindissimo poema!

Mas como pode anoitecer dentro de ti se tu irradias luz?

Um beijo e bom fim de semana

09:13  
Blogger O Micróbio escreveu no papel...

Tens de abrir a janela da tua alma para deixar entrar um pouco de luz...

12:35  
Anonymous zezinho escreveu no papel...

A noite é povoada de estrelas. Luminosas, belas, a darem lugar ao sonho.
Um dia luminoso para ti.
Beijo

12:55  
Blogger Iluvatar escreveu no papel...

Lindo. Não sei se conheces uma frase famosa do Tagore: "Se choras porque a noite não tem estrelas, as lágrimas não te deixarão ver as estrelas"... dá que pensar não dá?.. que as estrelas grandes ou pequenas da tua vida te continuem a dar razões para sorrir,
beijinhos Pedro

13:01  
Blogger Iluvatar escreveu no papel...

Ah... esqueci-me de te elogiar pela optima escolha de música é uma grande banda sonora, se gostas desse gênero tens de ouvir a do filme "Unfaithful", é de cortar a respiração... beijo Pedro

13:18  
Blogger webdreamer escreveu no papel...

A fotografia não podia condizer mais com o poema... Fazem um belo conjunto!
E como és capaz de já saber, porque já a tive no meu blog, acho que esta música é fenomenal e ica bem em harmonia com a poesia.

14:09  
Blogger H. escreveu no papel...

já escrevi mta coisa similar...

está muito bonito *

21:25  

Enviar um comentário

<< Voltar ao papel