quarta-feira, 4 de janeiro de 2006

i just have eyes for u





Nasceu no meu peito uma flor.
Ela amarrou as suas frágeis raízes à minha alma,
cobriu-me de branco e carmim
e um aroma intenso a amoras silvestres.

Não quero que meus olhos esqueçam os olhos desta flor.
Não quero que o seu encanto desvaneça ao raiar o dia,
pois esta flor é o meu jardim.

26 Lápis no papel:

Blogger webdreamer escreveu no papel...

Linda , a flor.

08:41  
Blogger alfinete de peito escreveu no papel...

O que interessa é que não deixes a flor ir, mostrando-lhe o que perde e o que tem.

Temos dito.

Alfinetes

13:57  
Blogger Vivis escreveu no papel...

Que lindo jardim florido...
Beijo

14:03  
Blogger Catarino escreveu no papel...

A mais bela flor que tens é o teu coração...
Beijo linda

16:02  
Blogger AS escreveu no papel...

Querida Isa Xana, as flores são sempre muito frágeis... trata-a bem!...

Um beijo grande

16:56  
Blogger Betty Branco Martins escreveu no papel...

Querida Isa

Que a flor jamais perca - o brilho - a cor - e o aroma.

Beijos meus

17:11  
Blogger Castor (moi-je...ehe, ehe) escreveu no papel...

Isa Xana ou Raphaela Blat? Ou as duas? Quanto à juliet marillier, iep, gosto!... Mas também gosto de outro género, como Patricia Highsmith (Mr. Ripley, conheces?)... bom, acho que todo mundo conhece este admirável assassino, e simpariza com ele,ehe,ehe,ehe...CHUAC!

17:48  
Blogger Cláudio B. Carlos (CC) escreveu no papel...

Bom!

Beijos do CC.

18:45  
Blogger Maheve escreveu no papel...

Não a sufoque, não exagere na água nem no adubo. Cuide mas, deixe que ela saiba viver além de seus cuidados criando assim uma relação de confiança e não de dependência, assim a tua flor será sempre a mais feliz e a mais bela do teu jardim

Feliz 2006!!

19:00  
Blogger Taliesin escreveu no papel...

Oi minha amiga, adorei a foto, é vc nela pq tem muita paixão e amor gostei de mais, q 2006 seja assim para vc
beijos

19:05  
Blogger O Micróbio escreveu no papel...

Mas que belo bouquet de palavras... :-)

00:16  
Blogger Paula Raposo escreveu no papel...

É tão bom sentir a flor que cresce no nosso jardim...dentro de nós!! É a sensação mais maravilhosa, indescritível e suprema da Vida!! Uma delícia. Beijinhos.Tudo de bom para ti.

00:46  
Blogger Nelita escreveu no papel...

Uma flor bem semeada,,
bem regada, jamais sera enterrada,,
bjinho e boa sorte

11:10  
Blogger TomSawyer escreveu no papel...

hum...fico feliz por ti :) trata-a bem para que possa crescer...beijo

21:34  
Blogger Pescador escreveu no papel...

;-) !!

Bj doce e que 2006 e os que vem a seguir sejam sempre um jardim florido !!
Pescador

10:01  
Blogger mixtu escreveu no papel...

rega sempre essa flor :)
saludos

11:51  
Blogger marco escreveu no papel...

nunca deixes murchar essa flor

00:58  
Blogger BlueShell escreveu no papel...

Que bom quando assim é"
Bolas…tenho frio.Vou para a cama!
Beijo, BShell

19:06  
Blogger Daniel Aladiah escreveu no papel...

Querida Isa Xana
Não esquecer de a regar para que fique forte e dê frutos.
Um beijo
Daniel

10:32  
Blogger Estrela do mar escreveu no papel...

...e que essa flor tenha sempre tudo para se manter viva e proporcione grandes momentos de felicidade...


Isa, sabes que só agora é que reparei que estás em Lisboa??...Eu realmente!!!


Beijinhossssssss

15:59  
Blogger soldeinverno escreveu no papel...

cuida do teu jardim...e ele nunca se desvanecerá... beijos

17:32  
Blogger mtm escreveu no papel...

e é sempre uma boa surpresa quando cá venho =)*

21:00  
Blogger Nilson Barcelli escreveu no papel...

O teu coração é a flor do teu jardim, que é maravilhoso.
É muito bom este teu poema de olhos nos olhos.
Beijinhos

13:48  
Blogger Micas escreveu no papel...

Lindo. Cuida muito bem dessa flor para que a cada dia esteja mais e mais forte ;)

16:26  
Blogger Betty Branco Martins escreveu no papel...

Querida Isa

Passei... para te deixar um beijo - e um:)

00:30  
Blogger Mar de Oliveira Campos escreveu no papel...

Olá! Fiquei encantado com tuas belas palavras... voltarei mais vezes... um abraço!

14:49  

Enviar um comentário

<< Voltar ao papel