quinta-feira, 14 de abril de 2005

Antes de adormecer...





Penso na vida lá fora.
Penso antes de adormecer.
Penso no amanhã
e no depois,
na música de agora,
e esqueço o antes
e o ontem,
a melodia de outrora.
Penso antes de adormecer
no que ainda não pensei.
Penso nos cisnes em minha volta,
na sua brancura,
alma.
Penso nas flores de amores nascidos,
nas pétalas de cores vibrantes,
estonteantes.
Penso na água que celebra a vida
a cada pedra que acaricia.
Nas folhas de conhecimento
e sabedoria
que caem em cada outono
e que, já tarde, morrem,
soltas,
inúteis,
por ler ainda.
Penso na espera que farei
às folhas quase mortas
no outono da minha estrada
de cimento pintado.
E, por fim,
minhas mãos
beberão as palavras
retidas nas folhas,
sugarão esse nectar
quase perdido no ar.
No começo trémulas, as minhas mãos
tocarão cada folha,
garrafa de vidro
guardando sábios licores adocicados.


Raphaela Blat

7 Lápis no papel:

Blogger D escreveu no papel...

Líndissima a mensagem .. o texto condiz mesmo com a minha disposição!
Beijo grnde!**

16:10  
Anonymous Espectro #999 escreveu no papel...

Depois diz-me que estás com insónias [...]

Mas a magnificência do poema destrói as agruras que o dia-a-dia provoca no mais descuidado ser humano.
Lindo.
Beijocas e inté.

19:11  
Blogger Daniel Aladiah escreveu no papel...

Querida Isa Xana
... guardando palavras tuas como tesouros adocicados...
Um beijo
Daniel

22:35  
Anonymous MalucaResponsavel escreveu no papel...

Simplesmente lindo...

00:47  
Blogger 2U escreveu no papel...

.. quanto aos olhos realemnte são lindos,quanto á voz e ao sorriso quem o diz certamente o saberá o pk! ..

V. F.

01:46  
Blogger ricardo escreveu no papel...

acho que as palavras do meu teatro não são nada face à encenação que nos dás. rendo-me. calo-me.

e fascinado, aplaudo.

releio e solto um beijo. doce.

21:00  
Blogger webdreamer escreveu no papel...

Muito bonito, muito poético.

19:38  

Enviar um comentário

<< Voltar ao papel