segunda-feira, 24 de janeiro de 2005

Coragem


Saio de casa.
Observo a vida na rua
E um sentimento apodera-se de mim.
Sinto que não pertenço aqui,
Que não sou daqui.
Se não pertenço,
Então que faço neste lugar?
Espero.
Espero que a coragem me comece a acompanhar,
A coragem que teima em me deixar para trás,
Que teima em fugir de mim.
Creio que ela julga que não sou forte.
Talvez não seja,
Mas se a coragem me acompanhasse
Sentir-me-ia forte.
Muito forte.
E mesmo que fosse somente uma ilusão,
Conseguiria quebrar as correntes que me prendem,
Que não me deixam ser imensamente feliz,
Pois aqui não sou feliz.
Aqui jamais serei feliz.
Eu não pertenço a este lugar.
Coragem, vem, por favor.
Vem buscar-me.
Dá-me a mão.
Leva-me para onde devo estar.

Leva-me para onde sinta a plenitude da felicidade.
Por favor, coragem, encontra-me.


Raphaela Blat

8 Lápis no papel:

Blogger soldeinverno escreveu no papel...

muito lindo!!! continua a escrever bem... beijos

18:33  
Blogger Ana escreveu no papel...

Olá Xana :) adoro a tua poesia, continua.Ah! já me esquecia a musica do blog é linda ;) Parabéns
Besitos

21:28  
Blogger lique escreveu no papel...

Já fiz aí a minha pesquisa e percebi que a Raphaela és tu mesma. Escreves muito bem. Gostei muitíssimo do teu poema.
Agradeço-te a tua visita ao meu blog. Hei-de voltar para te ler mais. Beijinho

23:19  
Blogger lokus_boy escreveu no papel...

OI oi!!! escreves realmente muito bem e todo o teu blog me maravilha a cada dia que passa. gostei imenso deste poema. Adorei a musica de entrada no blog. como se chama? e ja agora como pões isso a tocar? lol. beijokas p ti e continua a deliciar tds os k te visitam.

23:49  
Blogger litle lucy escreveu no papel...

hmm
venho agradecer a tua visita no meu blog e pelas tuas palavras:)
Gostei de te ler, delicioso*****Rose
voltarei com certeza

13:20  
Blogger lady-bird escreveu no papel...

Uma vez li ou ouvi algures qualquer coisa como: "A coragem é a arte de ter medo sem que ninguém o perceba"
Considero a melhor definição para a palavra.
Muita coragem para ti, quando mais precisares :)

20:09  
Blogger Baixinho escreveu no papel...

Gosto, gosto muito como já tinha dito.
O poema 5 estrelas, você também mas só quando não me está a bater ;)

***********

20:51  
Blogger Vab escreveu no papel...

E porque não a procuras tu? afinal essa pose de menina má que tudo tem é mesmo só pose, e és uma menina indefesa....AHAHAHA encontrei uma fraqueza, já me posso tornar mais forte! lol
bejos

16:13  

Enviar um comentário

<< Voltar ao papel