terça-feira, 1 de fevereiro de 2005

Saudade




Às vezes sinto saudade
de quando era pequena,
de quando o mundo era somente
uma eterna brincadeira.
Às vezes sinto saudade
e relembro alguns momentos
de puro contentamento.
Momentos simples e felizes.
Momentos inocentes.
Momentos em que sorri de verdade.
Às vezes sinto saudade
e recordo com ternura

o aconchego da minha avó,
as suas palavras carinhosas
e até mesmo o seu ar zangado
quando fazia algo que não devia.
Sinto saudade de tanta coisa passada...
De quando era bem pequena e não conhecia nada.
De quando cada simples descoberta era
algo fantástico e único.
De quando desenhava cuidadosamente
com os lápis-de-cor que a minha mãe me comprava.
De quando cada boneco meu tinha uma vida própria
que eu mesma esculpia.
De quando construía castelos na areia
com esforço e empenho.
Às vezes sinto saudade
de quando era pequena... mas só às vezes.


Em todas as fotografias sou eu em pequena:)

7 Lápis no papel:

Blogger Å®t_Øf_£övë escreveu no papel...

Recordações da infância.
Uma imagem vale mil palavras.
Uma destas fotos já conhecia.
Parecias ser marota.
Será que continuas assim?
Beijinhos.

01:11  
Blogger Å®t_Øf_£övë escreveu no papel...

Opsss,
Fui tão rápido que nem te deixei concluir o post....
Sorry.
Beijinhos.

01:53  
Blogger Vera Cymbron escreveu no papel...

Às vezes era tão bom ser criança! Mas olha, esse desejo que sentes sentimos todos...eu até acho que consigo sê-lo às vezes...ainda...
Jinhos

09:51  
Blogger O Micróbio escreveu no papel...

Quem não sente... :-))

11:04  
Blogger AS escreveu no papel...

Ai as saudades!... Como todos temos saudades da nossa infância!
Escreves com muita ternura!
Um beijo

15:30  
Blogger Ritinha escreveu no papel...

olha a minha priminha quando era piquinina, quando era marotinha. Em que andava com ela ao colo, agora já não dá PESAS MUITO.
JOCAS

18:15  
Blogger c.b. escreveu no papel...

Quem não tem saudades do mundo criança? tudo era tão mais fácil, puro, verdadeiro...
agora, resta a nós adultos mantermos um certo espirito juvenil. a vida tem tão mais graça :)


Beijinhos

22:06  

Enviar um comentário

<< Voltar ao papel